Nossa rotina: 7 anos, 650 revistas

Entre 2008 e 2014, a equipe da Scientific Linguagem formatou artigos para nada menos do que 650 títulos diferentes (veja a lista). Em muitos casos, além da formatação, fizemos também a submissão dos artigos e acompanhamos o processo de respostas aos pareceristas, com leitura de centenas de pareceres.

As revistas mais frequentes nesse período foram: Oral Surgery, Oral Medicine, Oral Pathology, Oral Radiology, and Endodontology (20 formatações); International Journal of Oral & Maxillofacial Surgery – IJOMS (19 formatações); Journal of Endodontics (18 formatações); Photomedicine and Laser Surgery (15 formatações); Annals of Hepatology (13 formatações); e PLOS One (12 formatações).

A leitura de 650 documentos de instruções para autores nos ensinou muita coisa. Sabemos que, embora a formatação bem feita não seja o principal quesito de aceitação do artigo, é um fator importante para ganhar tempo – já que, muitas vezes, os artigos com problemas de formatação são devolvidos antes de serem enviados para avaliação. Uma formatação caprichada também ajuda conquistar o respeito dos pareceristas.

Além disso, aprendemos que muitas vezes as instruções estão desatualizadas, sendo necessária a consulta também aos sistemas de submissão e, em alguns casos, às secretarias editoriais das revistas. Também aprendemos que, a partir da formatação, é possível auxiliar o autor na elaboração de um texto mais ajustado às características exigidas de um artigo científico.

O processo de formatação exige muita atenção, muita paciência e a capacidade de executar uma tarefa simultaneamente braçal e intelectual. Como no caso de muitas técnicas cirúrgicas, o número de procedimentos é um importante indicador de sucesso. Esses 650 títulos refletem justamente esse mix de habilidades, que dedicamos, como sempre, aos nossos clientes.

Bookmark and Share

Postado em 5 de setembro de 2015      nenhum comentário

Categoria: Pesquisa   

Faça um comentário